Tudo as coisas ou algo assim

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Cracker Blues - Velha Tatuagem






Velha Tatuagem
Cracker Blues

Tenho um dragão no lado esquerdo do meu peito
Amor de mãe riscado no lado direito
Tenho tribais que não tem significado
E ela desdenha do meu couro rabiscado

Eu tatuei o nome dela no meu braço
Eu tatuei até não me sobrar espaço
E aquela vaca me trocou por outro macho
No nome dela eu tatuei piranha embaixo

Eu não sou velho só um pouco judiado
Minha caveira é um verde desbotado
e as serpentes tão perdendo o traçado
Mas o meu santo tá com o terço inacabado

Eu tatuei o nome dela no meu braço
Eu tatuei até não me sobrar espaço
E aquela vaca me trocou por outro macho
No nome dela eu tatuei piranha embaixo

Ela dizia que eu devia ser discreto
Ter tatuagens do tamanho de um inseto
Hoje ela anda denegrindo minha imagem
Insatisfeita com a pequena homenagem

Eu tatuei o nome dela no meu braço
Eu tatuei até não me sobrar espaço
E aquela vaca me trocou por outro macho
No nome dela eu tatuei piranha embaixo