Tudo as coisas ou algo assim

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Cracker Blues - Tinhoso





Tinhoso 
Cracker Blues

Dirijo cansado nesta maldita estrada
O canto do olho dando umas tremidas
Nada melhor que milhas perdido
pra pensar nas quebradas da vida

Socando poeira, gasolina emprestada
Fumando dos outros dentro da madrugada
Vendi minha alma a troco de pinga
Mas o Tinhoso não me chamou
ainda

Na minha carteira trago sete mulheres
pra quem meu nome não é nada
rosnando umas vozes na minha cabeça
no lugar e na hora erradas

Socando poeira, gasolina emprestada
Fumando dos outros dentro da madrugada
Vendi minha alma a troco de pinga
Mas o Tinhoso não me chamou
ainda

dirijo cansado, meio cego
mas não dou pipoca aos macacos na estrada
nem como aquela que eles tentam me dar
na beira da encruzilhada

Socando poeira, gasolina emprestada
Fumando dos outros dentro da madrugada
Vendi minha alma a troco de pinga
Mas o Tinhoso não me chamou
Ainda