Tudo as coisas ou algo assim

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Claustrofobia - Alegoria do Sangue





Alegoria do Sangue
Claustrofobia

Aqui o bicho pega
A morte infesta a nossa festa
Escola do terror
Ninguém tempo para o amor
Cachaça pra sufocar a dor

Com gosto de sangue ruim
Fazendo da bateria o som explodir
Acorda podre pra produzir

Harmonia, ritmo perfeito
Não tem jeito, coisa de "malokeiro"
Carcaça velha, suor no peito

Carne mal passada, abençoada
O cão mordendo sem parar
Escola do terro
Ninguém tem tempo para a dor
Cachaça pra sufocar o amor

Dançando a dança do ódio
Virando o bicho por dentro
Podridão no pensamento

Harmonia, ritmo perfeito
Não tem jeito, coisa de "malokeiro"
Carcaça velha, suor no peito