Tudo as coisas ou algo assim

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Golpe de Estado - Libertação Feminina





Libertação Feminina
Golpe de Estado

Não venha você me dizer
Com as mesmas desculpas
- "Meu bem, não foi minha culpa"
Que o carro morreu
Que o taxi bateu
Que o delegado falou "valeu"

Porque o gostoso agora aqui sou eu
E o meu lugar agora e todo seu

Porque é sexta á noite
Na maior briga de foice
Quem vai pagar o jantar no motel prá relaxar

Porque o gostoso agora aqui sou eu
E o meu lugar agora é todo seu

Não venha você me dizer
Com as mesmas desculpas
- "Meu bem, não foi minha culpa..."