Tudo as coisas ou algo assim

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Velhas Virgens - De Bar Em Bar Pela Noite






De Bar Em Bar Pela Noite
Velhas Virgens

Nada que eu possa dizer
Vai te fazer entender
Que esse papo de trampo nunca foi pra mim
O que eu quero na vida é somente viver

Curtindo o que a vida me dá
De presente
De bar em bar pela noite
Atrás de cerveja e mulher

Nada que eu possa fazer
Vai te fazer me seguir
Tenho o destino marcado e o corpo fechado
Só quero estar vivo, só quero viver

Curtindo o que a vida me dá
De presente
De bar em bar pela noite
Atrás de cerveja e mulher

Tudo aquilo que eu disser
Pode mudar amanhã
Não sou dono da verdade não quero seu ódio
Não quero piedade nem o seu perdão

Curtindo o que a vida me dá
De presente
De bar em bar pela noite
Atrás de cerveja e mulher

De bar em bar pela noite
Cada um escolhe o que quer
De bar em bar pela noite
Curtindo tudo que vier
De bar em bar pela noite
Atrás de cerveja e mulher

Nada de vestibular
Nada de preocupação
Tudo que a vida me ensina é a grana, a amizade
Curtir, a verdade e amar meu irmão

Curtindo o que a vida me dá
De presente
De bar em bar pela noite
Atrás de cerveja e mulher