Tudo as coisas ou algo assim

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Zumbis do Espaço - Luxúria no Coração





Luxúria no Coração
Zumbis do Espaço

Eu bebo sangue, porque eu preciso
Não porque eu quero, é meu destino
Eu tiro a vida, da minha caça
Pra encher de sangue, a minha taça

Eu me levanto do meu caixão
Chegou a hora da diversão
Nas minhas veias a maldição
E a luxúria no coração

Muitas mulheres já cruzaram minha estrada
Sangue, luxúria e orgias na madrugada
E quando o dia raiar, não adianta me procurar
Eu já estarei longe, em outro lugar